terça-feira, 1 de novembro de 2011

Despedida

Jurava arrancar-lhe a alma...
mas perdia-se em lágrimas por vê-lo partir.

Sem comentários:

Enviar um comentário